Saudade

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009


LUTO
A vida é injusta para quem luta
Mais injusto ainda, é morrer
Depois de lutar e conseguir ganhar
Pensar na vida é preciso
Mais pensar na morte é fundamental
É injusto perder depois de ganhar
É injusto viver e não realizar
Então vamos acreditar
Que existe uma vida após a morte
E que o que nos faltou aqui
Venha a si realizar por lá
Eu não quero apenas ter esperanças
Quero confortar meu coração
Pois você estará sempre em nossas lembranças
Não importa onde você esteja ou não.

Almeida paz


Para Sempre (Drummond)

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.

Ainda doi muito.
A ferida ta aberta.
E a dor não tem remédio
Busco forças junto de Deus.
Ta difícil de encontrar as respostas... a saudade aumenta a cada dia e uma dor insupotável toma conta do peito...

1 comentários:

Fernanda disse...

querida... q Deus a abencoe e conforte o seu coração de luz e paz. Bjs

 
Cantinho da Debora - by Templates para novo blogger 2007